Close

Abril 4, 2019

Coimbra quase escandalizou o Luxemburgo

Há muito havia sido realizado o sorteio dos quartos-de-final da Taça do Luxemburgo e nesse sentido a espera foi longa para que tivesse lugar uma oportunidade para o US Mondorf-les-Bains impressionar todo o mapa desportivo nacional em função de ter pela frente uma deslocação ao reduto do campeão nacional luxemburguês em título, o F91 Dudelange…e assim a equipa o fez, tendo mesmo ameaçado tornar-se o ’tomba-gigantes’ e protagonizar a grande surpresa da competição ao ter disposto de uma vantagem de 0-2.

Comandado a meio-campo por João Coimbra, apoiado pela Football Moment, o Mondorf não se atemorizou perante tão desfavorável palco e apenas na 2ª parte foi suplantado pelo Dudelange num momento em que a equipa visitante, oriunda da cidade termal, já havia operado a saída do experiente médio português por se encontrar condicionado com um cartão amarelo. Desta forma, logo após ter sido admoestado aos 65, o técnico Paulo Gomes – igualmente representado pela Football Moment – achou por bem retirar Coimbra no minuto seguinte, ciente de que a pressão do Dudelange iria efectivar-se.

Para lamento do US Mondorf, Mister Paulo Gomes, João Coimbra e restantes companheiros, o Dudelange conseguiu exercer supremacia e ainda operar a reviravolta, tendo vencido por 3-2. Ainda assim, o conjunto visitante ‘cai de pé’ perante um adversário dotado de condições incomparavelmente superiores e João Coimbra demonstrou deter ainda capacidade para surgir a nível elevado nos mais exigentes palcos do panorama luxemburguês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *